Diga Adeus Infecção Vaginal com Esta INCRÍVEIS Receita!

Diga Adeus Infecção Vaginal com Esta INCRÍVEL Receita!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Emagrecer com Saúde

Diga Adeus Infecção Vaginal com Esta INCRÍVEIS Receita!
5 (100%) 3 votes

Diga Adeus Infecção Vaginal com Estas INCRÍVEIS Receita. Além disso, A Infecção Vaginal é uma inflamação da vagina, muitas vezes devido a infecções vaginais que causam corrimento, odor, irritação ou coceira. É difícil diagnosticar porque a vaginite tem muitas causas. As mulheres usam uma variedade de medicamentos de venda livre para tratar a coceira, a descarga e o desconforto dessas condições.

Sintomas de infecções vaginais comuns:

Dependendo do tipo de infecção, você pode ter:

  • Uma Corrimento branco que sai da vagina que se parece com queijo cottage;
  • Alternativamente, você pode ter, ou um líquido com odor de peixe mais fino, branco, verde ou amarelo,
  • Coceira ou dor em ou ao redor de sua vagina,
  • Dor quando você faz sexo,
  • Dor quando você passa urina,
  • Dor no abdome inferior (barriga) ou pélvis,
  • Sangramento entre seus períodos ou depois de ter relações sexuais,
  • Verrugas ou úlceras em torno de sua vulva (a pele ao redor do lado de fora da sua vagina).

É normal e saudável que as mulheres terem um corrimento na vagina. A quantidade e a cor desse corrimento podem mudar durante o ciclo menstrual, à medida que você envelhece, quando toma a pílula anticoncepcional e quando está grávida. Agora Veja as Receitas Eliminar Infecção Vaginal com Estas INCRÍVEIS Receita.

1. Vinagre de maçã orgânico:

O Vinagre de maçã orgânico contém ácidos naturais que ajudam a controlar o crescimento de fungos e bactérias na área vaginal.

Suas propriedades antimicrobianas e antifúngicas impedem a proliferação de agentes infecciosos e, por sua vez, protegem as bactérias saudáveis da flora vaginal.

Ingredientes:

  • 6 colheres de sopa de vinagre de maçã (60 ml),
  • 2 copos de água (500 ml).

Modo de Preparo:

  • Adicione o vinagre de maçã em água morna e mexa-o para torná-lo bem diluído.

Modo de usar:

  • Enxágue as áreas externas da área íntima com a solução.
  • Repita seu uso 2 vezes ao dia, todos os dias.

2. Babosa

A aplicação direta de aloe vera na área vaginal pode controlar o crescimento de microrganismos que causam alterações no fluxo.

Esta sobrepõe os lubrificantes naturais na área e, além disso, alimenta as bactérias saudáveis que retardam a ação de agentes prejudiciais.

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa de babosa (45 g),
  • 2 gotas de óleo essencial de árvore do chá.

Modo de Preparo:

  • Combine o gel de babosa com algumas gotas de óleo essencial da árvore do chá.

Modo de usar:

  • Esfregue o gel nas áreas externas da vagina e deixe-o agir por 30 minutos
  • Enxágue com água morna, e repita a utilização duas vezes ao dia
  • Faça o mesmo tratamento até controlar a infecção e o excesso de fluxo

1. Calêndula:

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de flores de calêndula (20 g)
  • 2 copos de água (500 ml)

Modo de Preparo:

  • Coloque as flores do calêndula na água fervente e deixe descansar por 15 ou 20 minutos.
  • Quando esteja morno e concentrado, filtre e aplique.

Modo de usar:

  • Faça banhos de assento com a infusão e enxágue as áreas externas da vagina.
  • Repita a sua utilização todos os dias até que o pH seja restaurado.

Como Evitar Fungos Vaginais?

Você pode prevenir as infecções:

  • Não faça uso de sprays desodorantes vaginais,
  • Evitando o uso de roupas apertadas,
  • Mantenha uma alimentação equilibrada, sem excesso de açúcar,
  • Lave a vagina apenas com água ou sabão neutro.
  • Não deixe calcinha (nem nenhuma outra roupa íntima) secando no banheiro.
  • de calcinhas feitas de lycra (prefira as de algodão que permitem a respiração da pele da área íntima).
  • Beba bastante água.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.