Como Acabar com a Dor nas Costas e Pescoço Naturalmente

Como Acabar com a Dor nas Costas e Pescoço Naturalmente

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Emagrecer com Saúde

Como Acabar com a Dor nas Costas e Pescoço Naturalmente de forma completamente eficaz. Além disso, dor nas costas e pescoço é uma das condições mais comuns entre as populações ocidentais.

As estatísticas nos informam que o ritmo de vida acelerado e o estilo de vida sedentário são as principais causas desses problemas. Existem inúmeras maneiras de tratá-la, antes de sucumbir aos anti-inflamatórios.

dor nas costas e pescoco
dor nas costas e pescoco

8 de 10 pessoas sofrem, sofreram ou sofrerão dores no pescoço e/ou em algum setor das costas. Embora possam ser causados ​​por problemas graves, como hérnias, desvios na coluna vertebral ou doenças nos ossos; as principais causas são outras. Especialistas dizem que a maioria das pessoas sofre de estresse, uso permanente de tecnologia e má postura.

É um mal que afeta crianças e adultos. Mas algumas características podem nos tornar mais propensos a desenvolver este problema. Então, confira a seguir Como Acabar com a Dor nas Costas e Pescoço Naturalmente:

Idade:

À medida que envelhecemos, a dor se torna mais comum, especialmente após os 40 anos de idade.

Estado Físico:

Pessoas sedentárias são mais propensas a sofrer com essa condição do que aquelas que treinam com frequência.

Excesso de Peso:

Estar acima do peso pode fazer com que as costas fiquem super representadas ou a coluna fique com uma posição ruim devido a mudanças no eixo de equilíbrio.

Genética:

Pessoas com histórico genético de parentes que sofrem de dores nas costas e pescoço são mais propensos a sofrer.

Fumar:

Fumar não permite uma nutrição adequada do corpo, ossos e músculos estão enfraquecidos. Tosse constante também pode afetar a posição da coluna vertebral.

Atividade Física de Alto Desempenho:

Pessoas que mantêm uma rotina de treinamento rigorosa podem sofrer uma lesão que lhes causa dor.

Como combater e dor no pescoço sem medicação?

  • Aumentar a ingestão de vitamina D: A vitamina D ajuda o organismo a absorver melhor o cálcio. Pode ser absorvido pela exposição ao sol, com apenas 5 minutos por dia. Além disso, a deficiência de vitamina D está diretamente relacionada à perda de tônus ​​e força muscular.
  • Descanse bem: Relaxe o corpo e combata o estresse.
  • Faça exercícios físicos para melhorar sua condição e combater o excesso de peso.
  • Tenha uma dieta equilibrada.
  • Use compressas frias para combater a inflamação e depois aqueça para reduzir a dor.
  • Mude sua posição várias vezes durante o dia.
  • Abandone o cigarro: Fumar prejudica todo o seu corpo em geral, não apenas os seus ossos.
  • Controle seu peso regularmente.
  • Cuide da sua posição ao usar dispositivos tecnológicos: o celular deve sempre permanecer na frente dos olhos para que o pescoço permaneça reto. Ao usar computadores, sejam eles de mesa ou laptop, suas costas devem estar retas, antebraços apoiados, pés bem plantados no chão, os joelhos devem formar um ângulo reto e a tela na frente do rosto, em linha reta.
  • Realize exercícios de respiração: além de combater o estresse e liberar a tensão, muitos exercícios de respiração ajudam a alinhar a coluna, especialmente a parte inferior das costas.
  • Faça yoga: Ajudará você a relaxar, manter as articulações lubrificadas, melhorará o equilíbrio e a elasticidade corporal. Outra opção é o Pilates que trabalha com o mesmo peso do corpo e melhora o tom, ideal para acabar com a dor nas costas e no pescoço.
  • Use travesseiros de espuma térmica ou visco-elástica (os chamados travesseiros inteligentes).
  • Durante o dia, pratique exercícios de alongamento várias vezes.

Mas por fim, não esqueça de que a primeira opção a se consultar quando sentir dores, é um médico especializado.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.